S02EP04 – Carmen Dolores (Emília Moncorvo Bandeira de Mello) e seu romance A Luta (1909)

Ensaio, Resenha

Nesse episódio, fato sobre a escritora brasileira Carmen Dolores (pseudônimo de Emília Moncorvo Bandeira de Mello) e seu romance A Luta (1909).

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / PocketCasts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message

S02EP02 – Maria Benedita Bormann (Délia) e seus romances Aurélia (1883), Lésbia (1890), e Celeste (1893)

Ensaio, Resenha

Nesse episódio, falo sobre a escritora brasileira oitocentista Maria Benedita Bormann (Délia), e  seus romances Aurélia (1883), Lésbia (1890), e Celeste (1893).

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / PocketCasts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message

S01EP06 – “A falência”, de Júlia Lopes de Almeida (1901)

Debate

Nesse episodio, Paula Dutra e eu discutimos a obra “A falência”, de Júlia Lopes de Almeida (1901)

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / PocketCasts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message

S01EP05 – Aphra Behn e o romance abolicionista Oroonoko (1688)

Artigo, Resenha

Nesse episódio, falo sobre a escritora inglesa Aphra Behn e seu romance abolicionista Oroonoko (1688).

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / PocketCasts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message

S01EP04 – Júlia Lopes de Almeida & um convite

Artigo

Nesse episódio, eu falo sobre a autora brasileira oitocentista Júlia Lopes de Almeida, e convido vocês a lerem conosco o romance mais famoso da autora.

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / PocketCasts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message

S01EP03 – Editora Mulheres e três escritoras: Barbara Comyns, Amy Dillwyn & Norah Hoult

Artigo, Resenha

Nesse episódio, falo sobre a Editora Mulheres, bem como discuto os livros The Vet’s Daughter (A filha do veterinário), de Barbara Comyns (1959), Jill, de Amy Dillwyn (1884), e There Were No Windows (Não havia janelas), de Norah Hoult (1944).

Para ouvir: Spotify / Anchor / Youtube / Pocket Casts / iTunes / Stitcher / Overcast

Para participar e enviar mensagens de voz: https://anchor.fm/julianabrina/message